A Fauna, a Flora e o Sistema Religioso

Slide75
Por Ana Burke
.
Não existe nenhum ensinamento bíblico no qual Deus ou Jesus demonstrem qualquer respeito pela fauna ou pela flora e muito menos ainda pelos seres humanos, nem mesmo pelo povo chamado povo escolhido que seria o povo de Israel.

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” João 2:15

Deus nunca se preocupou com o mundo. Tudo o que existe no mundo deve ser desprezado, assim como os animais e plantas, ou seja, fauna e flora.

O Velho Testamento é só catástrofe e imoralidade, mas não falando do Velho, mas do Novo Testamento. Analisando atos e ações do Jesus “Amor” cultuado como um ser perfeito e que foi capaz de dar a vida para salvar a humanidade. Quais as lições importantes e úteis que este famoso “mestre” deixou a este povo que “realmente” precisa de salvação, mas não salvação da morte, mas de salvação para a vida? NADA.

A vida dos religiosos seguidores de Jesus está contaminada com fel e bolor em consequência dos ensinamentos deste “Mestre”, seus supostos discípulos e supostos profetas. Ensinamentos tão bárbaros e insanos que até os bichos carniceiros rejeitam.

Ao adentrar um templo ou igreja ou mesquita ou seja lá o que for que lembre religião, as pessoas desistem de si mesmas, assumem-se acéfalase dão para o “divino” as suas entranhas, só restando a elas então perambular por aí, pelo planeta, com as suas cascas vazias.

Onde e quando um deus de amor ensinaria absurdos como o descrito abaixo?

“E, vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e, chegando a ela, não achou senão folhas, porque não era tempo de figos.
E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E os seus discípulos ouviram isto […] E eles, passando pela manhã, viram que a figueira se tinha secado desde as raízes.
E Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira, que tu amaldiçoaste, se secou.
E Jesus, respondendo, disse-lhes: TENDE FÉ EM DEUS”. Marcos 11:13-22

Por quê este deus de “amor” fez secar a figueira? Qual o objetivo deste ensinamento estúpido? Não existe um ensinamento deste mestre do “amor” que não seja estúpido. Quando Pedro anuncia a morte da figueira porque Jesus a amaldiçoou, ele responde, “Tende fé em Deus”. O que significa isto? No meu entender, a sua fé também pode ser usada para fazer maldades. Tendo fé em Deus tudo pode acontecer, até matar inocentes você pode. Tudo você pode…destruir a natureza, você pode…destruir outro ser humano, você pode, basta que alguém ou alguma coisa não tenha ou não te dê aquilo que você quer no instante que você quer ou não faça o que você quer da forma como você quer. A figueira não tinha frutos naquele momento porque não era época de frutos e, como Jesus queria frutos naquele momento, ele a destruiu.

A beleza, a natureza, as folhas verdes e viçosas, a sombra que a figueira proporcionava, o fato dela ser abrigo para aves e outros animais, ou o fato dela purificar o ar em consequência das suas trocas gasosas com a atmosfera…NADA DISSO IMPORTOU PRA JESUS. Era ele ignorante? Sim. Era Ele covarde? Sim. Uma pessoa normal e que usa bem o raciocínio concordaria comigo. Mas não os seus seguidores porque estão contaminados pela mesma covardia e ignorância, e foram adestrados para acreditar que o mestre do ódio é o mestre do amor. Portanto são feitos com a mesma massa da qual Jesus foi feito.

A figueira era inocente, útil, e não teve nenhuma oportunidade de defesa. Cada discípulo de Jesus tinha uma característica e todos aprenderam com o mestre a ser covardes e a transmitir e ensinar que esta covardia. Podemos citar e verificar os casos mais conhecidos como, por exemplo, Judas e Pedro, sendo este último o mais covarde de todos e que traiu Jesus por três vezes, se escondendo depois como um rato com medo de ser descoberto como seguidor de Jesus. Todos se esconderam como ratos e no final das contas o menos covarde foi Judas que teve a dignidade de passar uma corda no pescoço. Ou seja…aquele que os cristãos vêem e aprenderam como sendo o mais covarde foi o menos covarde.

O que se deve aprender com isto? Respondo: Que ser covarde e trair amigos é aceitável e até estimulado.

A bíblia está empestiada deste tipo de ensinamento – trair amigos, Matar amigos, matar vizinhos ou membros da família, denunciar membros da família, apedrejar membros da família ou matar, torturar e sacrificar animais.

O sistema religioso sempre usou marfim para fazer imagens e vender ou usou nos seus templos e igrejas. Fazendo isto, incentivou outros a usar o marfim, o que causou e causa a morte de milhares de elefantes.

O entendimento lógico do insensato é o seguinte: Se o sistema religioso usa marfim, isto significa que matar elefantes ou qualquer animal é permitido. Se Jesus matou a figueira é porque a flora pode ser destruída.

O Pai dá o exemplo e o filho segue, portanto se Deus mata, rouba ou manda matar e roubar…o tolo não só justifica os crimes como acredita ser isto certo, e segue o exemplo.

 

TALMUD JUDÁICO e a BÍBLIA

0

Por Ana Burke

No Talmud temos que:
“Crianças não-judias são sub-humanas”
Yebamoth 98a. “Todas as crianças gentias são animais”.
Abodah Zarah 36b. “Meninas gentias estão em um estado de niddah (imundície) desde o nascimento”.

Quando um país invade outro, mulheres e crianças são os primeiros alvos. Matando as crianças, não teremos futuros guerreiros. Num país de covardes o deus de Israel, deus dos exércitos…impera… absoluto. Aqueles que não morrem podem ser usados como escravos e, as meninas, como escravas sexuais.

São inúmeros os exemplos na bíblia. O mais conhecido é este:

E Moisés os mandou à guerra, mil de cada tribo […] E pelejaram contra os midianitas, como o Senhor ordenara a Moisés; e mataram a todos os homens.
Mataram também, além dos que já haviam sido mortos, os reis dos midianitas: a Evi, e a Requém, e a Zur, e a Hur, e a Reba, cinco reis dos midianitas; também a Balaão, filho de Beor, mataram à espada.
Porém, os filhos de Israel levaram presas as mulheres dos midianitas e as suas crianças; também levaram todos os seus animais e todo o seu gado, e todos os seus bens.
E queimaram a fogo todas as suas cidades com todas as suas habitações e todos os seus acampamentos.
E tomaram todo o despojo (roubaram) e toda a presa de homens e de animais […] E indignou-se Moisés grandemente contra os oficiais do exército, capitães dos milhares e capitães das centenas, que vinham do serviço da guerra.
E Moisés disse-lhes: Deixastes viver todas as mulheres? […] Agora, pois, matai todo o homem entre as crianças, e matai toda a mulher que conheceu algum homem, deitando-se com ele. Porém, todas as meninas que não conheceram algum homem, deitando-se com ele, deixai-as viver para vós. Números 31:6-18

Israel fez e faz vítimas no mundo todo e os mais afetados são os árabes, palestinos, muçulmanos e cristãos. A situação dos muçulmanos é ainda pior que a situação de todos os outros. Os homens batem a cara no chão cinco vezes ao dia, as crianças do sexo masculino já nascem escravas e as crianças fêmeas nascem já destinadas a serem escravas sexuais e a vida pra elas passa ao longe, como num filme que assistem passar pelos buracos das suas burcas.

Enquanto todos guerreiam entre si e matam-se uns aos outros Israel é intocável e vítima de todos os não judeus…afinal, falar de judeus é crime. Mas não é crime falar de negros, índios, homossexuais, … Só é crime falar de Judeus e qualquer pessoa que se atreve a fazer isto é chamada de antisemita. Pior…JUDEUS NÃO TÊM NADA A VER COM POVOS SEMITAS. ELES SÃO CAZARES que se converteram ao judaísmo. Adotar a religião dos hebreus não fazem deles hebreus… Se converter ao Judaísmo não fazem deles Judeus… Por acaso o fato de me converter ao budismo me torna indiana já que o budismo teve a sua origem na Índia?

Ninguém mais neste mundo sabe viver sem dizer: “Se deus quiser”…”Se deus permitir”… “Vai com deus”…”Fique com deus”…”Foi deus quem me deu”, enfim, todo o poder está com deus…MAS, quem é este DEUS?

Tomara que os nossos filhos e netos…um dia…possam responder esta pergunta porque os seus pais e avós estão cegos, surdos, mudos e coxos. Amém

O Diabo ou Satanás do Judaísmo e do cristianismo

0
Surpreendentemente, há poucas referências a Satanás na Bíblia Cristã. Algumas referências, uma vez tidas como sendo referências são agora conhecidas devido a melhores traduções, como a de Lúcifer, que agora sabemos refere-se a um rei morto honrosamente. Mesmo a serpente na História de Adão não é Satanás (e não é chamada de Satanás). Como o Jardim do Éden era um paraíso perfeito e um lugar livre do pecado, como poderia Satanás ter estado lá? É ridículo pensar que Deus expulsou Adão e Eva do Éden por causa do pecado, enquanto ele permitiu a Satanás rastejar por aí!
Satanás nunca foi o nome do opositor durante a maior parte da história do Judaísmo. Houve um ser chamado o opositor , ou o adversário. Assim, em “O Livro de Jó”, no século 4 a.C. um ser descrito como “o Satanás” se aproxima de Deus e “Satanás” não era o seu nome; a palavra usada significa “opositor”. Foi só mais tarde que “Satanás” se tornou o nome de um ser.

“Nas fontes bíblicas o termo hebráico satan é descrito de forma contraditória e não é o nome de um carácter em particular. Apesar de contadores de histórias hebraicas, logo no século VI a.C. ocasionalmente introduzir um caráter sobrenatural a quem chamavam de satanás, eles se referiam a qualquer um dos anjos enviados por Deus para o propósito específico de bloquear ou obstruir a atividade humana. ” ” The Origin of Satan “, de Elaine Pagels (1995)

Exemplos:


Zacarias 3: 1-2: “E ele mostrou-me o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do SENHOR, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor. Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo?”

Salmo 109: 6: “Põe sobre ele um ímpio, e Satanás esteja à sua direita”.

Números 22: 22,32: “e o anjo do Senhor pôs-se-lhe no caminho por adversário; e ele ia caminhando, montado na sua jumenta, e dois de seus servos com ele […] Eis que eu saí para ser teu adversário”

1 Samuel 29: 4: “disseram-lhe os príncipes dos filisteus: Faze voltar este homem [Davi], e não desça conosco à batalha, para que não se torne nosso adversário”

2 Samuel 19:22: Porém Davi disse: Que tenho eu convosco, filhos de Zeruia, para que hoje [de Satanás/adversários] me sejais (plural)?

1Reis5:4: Salomão escreve a Hiram: “. não há nem adversário, nem calamidade alguma”

1Reis 11:14: “E o Senhor despertou contra Salomão um adversário, Hadade, o edomita”

1 Reis 11: 23-25: ” Também Deus lhe levantou outro adversário, a Rezom, filho de Eliada […] E foi adversário de Israel, por todos os dias de Salomão”

1 Crônicas 21: 1: “Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar a Israel.”
VEJA A MESMA HISTÓRIA CONTADA EM 2 Samuel 24:1: “E a ira do SENHOR se tornou a acender contra Israel; e incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá”.
PORTANTO. DEUS E SATANÁS SÃO INTERCAMBIÁVEIS.

Vejamos a discussão abaixo:


Em Jó1:8-12: Deus e Satanás conspiram para trazer muito sofrimento contra o santo homem Jó, embora os papéis de Deus e Satanás estejam misturados.

Veja a descrição de Deus e Satanás abaixo. Eles são intercambiáveis:


“Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa.” Salmos 139:12. “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.” 2 Corinthians 11:14

Vários autores fizeram cópias das escrituras hebréias e, às vezes, a mesma história aparece duas vezes. Há ainda dois relatos da Criação que se contradizem nos detalhes. Uma dessas histórias repetidas nos mostra claramente que o Deus do Antigo Testamento é o mal, e Satanás não é um ser separado, mas na verdade é parte de Deus, a face de Deus. Há uma ocasião em que Davi fez um censo de seus homens, a fim de contar quantos podiam lutar nos exércitos de Israel. 1 Crônicas 21: 2 e 2 Samuel 24: 2 e ambos contêm uma cópia exata do mesmo texto. Exemplos:

“E disse Davi a Joabe e aos maiorais do povo: Ide, numerai a Israel, desde Berseba até Dã; e trazei-me a conta para que saiba o número deles.” 1 Crônicas 21:2
“Disse, pois, o rei a Joabe, capitão do exército, o qual tinha consigo: Agora percorre todas as tribos de Israel, desde Dã até Berseba, e numera o povo, para que eu saiba o número do povo.” 2 Samuel 24: 2

O que aconteceu é que Deus tinha uma regra: Davi não tinha permissão para ‘númerar’ Israel. Mas, por alguma razão, Davi foi em frente e o fez. Como resultado, Deus o castigou por quebrar a sua regra. Mas, é muito revelador quando examinamos o verso anterior: Quem inspirou David a contar os guerreiros de Israel?

” Satanás se levantou contra Israel e incitou Davi a fazer um censo de Israel.” 1 Crônicas 21: 1
“A ira do Senhor se acendeu contra Israel, e ele incitou a Davi contra eles, dizendo: “Vai, e fazer um censo de Israel e Judá.” 2 Samuel 24: 1

Em uma cópia da história, Satanás disse a Davi para numerar Israel. Na outra, era Deus. Como pode ser isso? O motivo é que Deus e Satã são a mesma pessoa no Antigo Testamento, e Satã é apenas o rosto que Deus usa quando está testando o seu povo. “A ira do Senhor” é Satanás .

Era comum nas religiões antigas ( Hinduísmo, religiões romanas, etc) que os deuses tivessem várias faces, cada uma associada a diferentes emoções. Na Bíblia cristã , Satanás é Deus .

Uma confusão semelhante de papéis acontece no Livro de Jó. Em Jó1:8-12 Satanás se aproxima de Deus e pede para testar a lealdade de Jó para com Deus.
Em Jó 01:11, é Deus quem pergunta: ” Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.
A idéia é de que, se Deus destrói a boa vida de Jó este deixará de ser fiel a Deus. Mas Satanás não pode fazer isso por si só, pois é Deus quem tem o poder de fazer o mal. No verso seguinte, Deus dá esse poder a Satanás :


” E disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. ” Jó 1:12[KJV]
Assim, Satanás atua somente quando Deus lhe dá poder para fazê-lo. Mais uma vez, vemos que Deus e Satanás são apenas duas facetas do mesmo ser. Um ultimo versículo sela esta idéia. Quando concluimos a história do capítulo 42.
A quem é dado o crédito por trazer o mal contra Jó? Ao próprio Deus.

“Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o MAL QUE O SENHOR LHE HAVIA ENVIADO.” Jó 42:11[KJV]

Deus e Satanás estão interligados. Satanás não pode fazer nada a não ser pela vontade de Deus. Salmos 139: 12 , 1 Crônicas 21: 1-2 e 2 Samuel 24: 1-2 , e Jó 1: 8-12 , 42:11. Todos confundem o bem e o mal e Deus e Satanás é uma única força criativa, com Deus sendo descrito como não apenas como a fonte do mal, mas como o seu verdadeiro instigador. Deus não pode ser benevolente.

Tradução: Ana Burke.

Fonte: http://www.humanreligions.info/satan.html