Duas Árvores no Jardim do Edem

Slide04

Por Ana Burke

Por quê Deus criou o homem? Para lavrar o Jardim e o guardar. Logo, o homem não era livre antes da desobediência. Ele trabalhava e não ganhava nenhum pagamento pelo seu trabalho. “E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.” Gênesis 2:15. Além de lavrar a terra e cuidar do Jardim, o homem nomeou todos os seres viventes e Deus não encontrava para Adão uma “ajudadora” idônea. Gênesis 2:20.

Uma ajudadora idônea?

Onde Deus estava procurando esta ajudadora?

Não foi Eva a primeira mulher a ser criada?

Existiam, ou existiram outras?

E como Deus não encontrava uma “ajudadora” idônea para ajudar Adão nas tarefas, “criou” Eva da sua costela e Adão exclamou: Esta sim, é osso dos meus ossos, e carne da minha carne”. Gênesis 2:23.

Esta sim?

Existiu outra? Sim. Existiu outra, de nome Lilith, que não quis saber de Adão, do falso paraíso e de “Deus”. FUGIU. Ela está na primeira criação. Deus criou duas mulheres. Eva foi a segunda mulher e como foi feita da costela de Adão, não foi feita como a primeira mulher, Lilith, que era do mesmo material que Adão, sendo os mesmos criados juntos. Eva sim, deveria ser a “ajudadora ideal”, feita para servir o homem que deveria servir a Deus.

tree_of_the_knowledge_of_good_and_evil_s-jpg

Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. Gênesis 3:7

A Serpente disse à Eva: “Se comerdes do fruto, com certeza não morrerás, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.” Gênesis 3:5

Eva comeu o fruto da Árvore do Conhecimento antes de Adão. Adquiriu o Conhecimento, percebeu que era algo bom, que conseguia ver, pensar, refletir, descobrindo então um novo mundo no qual Adão ainda não estava inserido. Eva deu então um pouco do que descobriu a Adão que também passou a ver.

De início, após comer do fruto do Conhecimento, tomaram consciência da sua nudez, das suas limitações e descobriram-se a si mesmos como seres humanos normais e mortais. A fruta que dava o conhecimento, não dava a eles a Vida Eterna. Aprenderam o que era o medo, a ansiedade e a possibilidade do castigo após a desobediência. O medo fez com que se escondessem do seu ditador que os queriam para sempre ignorantes sobre a sua verdadeira vida e sobre o mundo que os cercava. Eles eram mantidos num redil, iludidos com algo que não existia e nunca existiu. Não tinham livre arbítrio, a tão falada liberdade de escolha. Era-lhes imposta a obediência cega, e a desobediência os condenaria. Aquele que eles tinham como “perfeito”, “bondoso”, “justo” e “infalível” iria julgá-los sem nenhuma possibilidade de defesa, condená-los NÃO pela sua fraqueza, mas pela sua coragem.  Logo, não era permitido aprender a diferença entre o bem e o mal e devido a esta proibição estariam, por toda a sua vida, expostos ao engano e à fraude.

Deus, então, não viu que comeram da fruta. Estava Ele passeando pelo jardim, bem cuidado por Adão e a sua ajudadora Eva, quando deu por falta deles. Deus não sabia onde estavam. “E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?” Genesis 3:9. Adão apareceu dizendo que havia se escondido porque estava nu e só nesta hora, quando Deus percebeu que Adão estava consciente da sua nudez, foi que Ele descobriu que Adão e Eva o desobedeceram. Adão e Eva, diante do suposto poder de Deus, levados pelo medo se sentiram culpados e amedrontados. Enquanto estavam sujeitos, não havia razão para temer e então começaram a culpar outros ou a justificar-se. Estavam diante de uma realidade que não conheciam e agiram como crianças que aprendem que desobedecer uma ordem, mesmo sendo esta ordem injusta, só porque está vindo de alguém que julgam superior e capaz de castigá-las, é errado. No caso, esse “erro” foi chamado de pecado. Percebe-se este comportamento na sociedade quando pessoas se submetem aos patrões, e transferem a responsabilidade por seus atos a outros por medo de perder o emprego. No caso de Adão e Eva, perderiam o que acreditavam ser o paraíso e não conseguiriam sobreviver fora do lugar onde foram criados e viveram toda a sua vida. Eva culpou a Serpente e Adão culpou Eva.


616RcT8A Serpente foi a primeira a ouvir a sua sentença: “sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.” Gênesis 3:14. É uma sentença estranha. A serpente já se arrastava antes ou “andava sobre o seu ventre”. Subia em árvores como sobem agora e, quanto a comer o pó, sabemos que a serpentes não comem pó, mas sapos e outros animais. Ela está em contato com o pó, mas não come pó. O pó da terra não é o seu alimento. O que existe entre a mulher e a serpente não é inimizade, mas respeito e este respeito pelas serpentes se estende aos homens. Todos os seres humanos temem a sua inteligência e perspicácia ao preparar o bote, normalmente certeiro e mortal.

A sentença atribuída a Eva foi a seguinte:

“Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.” Gênesis 3:16. Hilário! E isto só poderia ter vindo de um homem, nunca de um deus. A dor no parto é consequência da contração da musculatura do útero para empurrar o feto e é, portanto, um processo fisiológico natural do parto normal. As mulheres pariram milhares de homens que as dominam somente por uma questão de força física e não de inteligência superior e é isto que se pode perceber nesta condenação estapafúrdia que veio de um ser totalmente ignorante e que tem medo de ser dominado ou superado pela mulher em astúcia e inteligência como podemos ver: “o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará”. Antes dos hebreus existiram os sumérios, os fenícios, os egípcios antigos, etc.  e o deus que colocava no trono os faraós do Egito, era uma deusa, uma mulher e esta mulher é citada na bíblia e a ela foi atribuída a construção de todo o mundo antigo, principalmente a Mesopotâmia. Ela foi conhecida por vários nomes e está muito claro na bíblia os seus poderes: “Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. Jeremias 7:18. Um deus com IRA? Um deus que teme outros deuses, principalmente uma deusa.
Semiramis_facesEsta deusa era Semiramis que reinou sobre a Pérsia, Assíria, Armênia, Arábia, Egito e toda a ásia sendo esta a fundadora da Babilônia e de seus jardins suspensos. Ela subiu ao céu transformada em pomba, após entregar a coroa ao seu filho, Tamuz. Ela ficou conhecida também como Ísis, Diana, Ártemis, Astarte, Cybele, Juno, Afrodite, Vênus, etc. e foi adorada por homens e mulheres de todas as nações antigas a até pelos romanos. Esta deusa ainda está viva e é ainda adorada e tida como símbolo de poder.
real-capa-02Após a criação do Cristianismo, ninguém conseguia superá-la. Ela está em todos os lugares e até no nosso dinheiro. A Igreja Católica então criou um plágio muito pobre de Semíramis, a “Virgem Maria” que, diferentemente da deusa, cabeça erguida e dona de si, foi construída de cabeça baixa e para ser serva, uma simples intermediária entre o “Homem maior” e o “Homem menor”: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua vontade.” Era necessário matar a grande deusa, o que era impossível e realmente prova-se ser isso impossível.
Eugène_Delacroix_-_Liberty_Leading_the_People_(28th_July_1830)_-_WGA6177Semiramis foi o símbolo da liberdade na França com outro nome: Marianne, aparecendo numa pintura em 1830 feita pelo francês Eugene Delacroix. Esta imagem foi usada pela primeira vez para simbolizar a Proclamação da República e tornou-se símbolo do país.
Isso só mostra o poder que têm uma mulher e é uma pena que este poder lhes tenha sido tirado pela força bruta dos mesmos seres que nasceram delas.
A Bíblia demonizou todas as mulheres de expressão ou que foram importantes no tempo dos hebreus, ou na mitologia, como por exemplo, Lilith, Jezebel, Maria Madalena, etc. Maria Madalena foi transformada pelos escritores da bíblia em prostituta e por muito tempo ela foi vista dessa forma.

Para ver a história de Jezebel clique em:

Sentença dada a Adão pela desobediência

Deus disse a Adão: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher… maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida…No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. Gênesis 3:17-19.

É insano. Adão não deveria ter dado ouvidos à sua mulher e, portanto, não eram companheiros. Dando ouvidos à mulher significava o poder do que deveria ser fraco sobre o homem que deveria ser o seu ditador e dono da sua vontade e ações. Quanto à comida, Adão já trabalhava por essa comida e pagava por ela com o seu suor desde que Deus lhe deu a tarefa de lavrar e cuidar do Jardim. O paraíso era uma utopia. Nunca existiu paraíso, principalmente no céu, como acreditam os herdeiros de Adão e Eva que se encontram nas igrejas sendo enganados. E são enganados porque não estudam ou não sabem ler. O paraíso descrito na bíblia fica num lugar muito conhecido aqui na Terra:

“E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.” Gênesis 2:10. Este rio que saía do Edem deu origem a quatro outros rios como o Eufrates, Tigre, Giom e Pisom. Onde fica o rio Eufrates? Onde fica o rio Tigre? No céu? Ou na Terra? Onde fica o “Reino de Deus”? Na Terra. Quando Jesus disse ao ladrão: Hoje ainda estarás comigo no paraíso”, o que Ele disse realmente é que ambos estariam ainda naquele dia na Terra, em suas sepulturas, em algum lugar próximo ao rio Eufrates, Tigre, Giom ou Pison. Neste lugar é o paraíso.
Quando Deus disse: “porquanto és pó e em pó te tornarás”, Ele estava falando da morte. Adão morreria, mas não naquele momento e voltaria a ser pó. Morreria no tempo certo quando terminasse o seu tempo de vida e era assim que deveria ser, também, antes da desobediência porque Adão e Eva foram expulsos justamente para que não comessem também da Árvore da Vida Eterna. Eram mortais antes e continuaram mortais depois da desobediência: “Eis que o homem é como um de nós (Elohim), sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente, o Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden… Gênesis 3:22-23”

Da Árvore do Conhecimento você pode optar por comer ou não comer, mas a Árvore da Vida, não eterna, mas enquanto existir vida, esta estará em você.
A verdadeira vida é a consciência de que se está vivo e esta árvore já solta as suas raízes desde o seu surgimento, dentro do útero. É a árvore que o mantêm vivo e que o ser humano, não compreendendo o verdadeiro sentido da vida atribui à sua existência a um ser imaginário, cujos homens desonestos, aproveitando-se da ignorância de seus fiéis, os fazem escravos de religiões e interesses obscuros visando dinheiro e poder para si mesmos.

 


Você acredita que vai ter vida eterna? Se acredita ainda está na fase infantil e tola em que estavam Adão e Eva antes de conhecer a diferença entre o bem e o mal. E o mal era o que eles julgavam ser bom. E o mal era Deus. A Serpente não mentiu.
Nas igrejas você é ensinado a adorar o mal, a mentira, e a condenar a verdade.
9c4637bc7656be3aa5b9bf02cbdf7d77

Esta é a Verdade.

O seu cérebro pode ser, ou Deus, ou Satanás.

Muitos já aprenderam como controlar e inculcar crenças em uma pessoa, bastando para isso, aprender como controlar a mente desta.

Se não cuidar da sua mente, alguém vai cuidar dela por você. A maioria, quase a totalidade dos seres humanos, são controlados dessa forma.

Observação: Este “nós” em Gênesis 3:22-23, foi esquecido pelos teólogos na bíblia que eles falsificaram. O termo “Nós”, neste caso, se refere a um grupo, talvez dezenas de pessoas e significa Elohim em hebraico.

 

2 comentários sobre “Duas Árvores no Jardim do Edem

  1. Antes do conhecimento do bem e mal, Adão e Eva já sabiam que cobra é cobra. Deus, depois de criar árvores do bem, do mal e da vida eterna, viu que eram todas boas…. Só não eram boas para os humanos???? Todo o resto que era bom foi entregue à humanidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s