Bíblia – Genealogia de Jesus, filho de José e Maria

z7

Por Ana Burke


Mateus 1:6-16:

[…] o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias. E Salomão gerou a Roboão; e Roboão gerou a Abias; e Abias gerou a Asa; E Asa gerou a Josafá; e Josafá gerou a Jorão; e Jorão gerou a Uzias; E Uzias gerou a Jotão; e Jotão gerou a Acaz; e Acaz gerou a Ezequias; E Ezequias gerou a Manassés; e Manassés gerou a Amom; e Amom gerou a Josias; E Josias gerou a Jeconias e a seus irmãos na deportação para babilônia. E, depois da deportação para a babilônia, Jeconias gerou a Salatiel; e Salatiel gerou a Zorobabel; E Zorobabel gerou a Abiúde; e Abiúde gerou a Eliaquim; e Eliaquim gerou a Azor; E Azor gerou a Sadoque; e Sadoque gerou a Aquim; e Aquim gerou a Eliúde; E Eliúde gerou a Eleazar; e Eleazar gerou a Matã; e Matã gerou a Jacó; e JACÓ GEROU JOSÉ, MARIDO DE MARIA, DA QUAL NASCEU JESUS.


Lucas 3: 23-38:

Lucas fez a genealogia em ordem contrária:
“E O MESMO JESUS COMEÇAVA A SER DE QUASE TRINTA ANOS, SENDO (COMO SE CUIDAVA0 FILHO DE JOSÉ, e José de Heli, E Heli de Matã, e Matã de Levi, e Levi de Melqui, e Melqui de Janai…, E Eliaquim de Meleá, e Meleá de Mená, e Mená de Matatá, e Matatá de Natã, e Natã de Davi…

Mateus afirma que Jacó gerou a José, marido de Maria da qual nasceu Jesus. E Lucas afirma que Heli gerou José que gerou Jesus.

AS IGREJAS MENTEM DESCARADAMENTE quando dizem que Jesus é descendente de DAVI por parte de Maria.

Primeiro: Os hebreus nunca faziam a genealogia da família partindo da mulher, sempre do homem.

Segundo: A igreja afirma que o pai de Maria era Joaquim e em nenhuma das duas genealogias aparece o nome Joaquim.


Se não aparece o nome Joaquim em nenhuma das duas genealogias, está se afirmando, nas duas genealogias, que Jesus é descendente de Davi por parte de pai, ou seja, JESUS É FILHO DE JOSÉ e não existe Divino Espírito Santo engravidando Maria, ou Deus engravidando Maria ou um pombo engravidando Maria. JOSÉ ENGRAVIDOU MARIA.

 

A própria bíblia prova e Jesus e os apóstolos dizem o tempo todo que Jesus era um profeta e um ser humano especial por ser profeta, mas humano de qualquer forma, sem nada de Divino como podemos ver em várias passagens na bíblia e quando as pessoas o chamavam filho de Davi, o estavam chamando filho de José:

“Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. Lucas 1:32-33. 

Quando se é descendente de um rei este descendente herda o trono. Davi era um rei e Jesus herdaria o trono, seria rei, rei dos Judeus. E onde ficava o trono de Davi? No céu ou na Terra? Não se está falando aqui que o trono de Davi ficava no céu. Está se falando de um trono real terreno.

Davi é constantemente citado como pai de Jesus por ser Este seus descendente. O que era uma honra para as pessoas comuns, já que Davi, além de um rei amado pelo seu povo, era um fiel servo de Deus. Jesus é chamado filho de Davi, assim como poderia ser chamado de filho de qualquer um dos seus antepassados por parte de seu pai José.

“E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), Lucas 2:4-5

“E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca; e diziam: Não é este o filho de José?” Lucas 4:22

“E a multidão que ia adiante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosana ao Filho de Davi;bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas!” Mateus 21:9     


O que permite que um ser humano sofra, é o fato de ter herdado o pecado original. Portanto, Maria não era imaculada e Jesus não era imaculado desde que ambos, supostamente sofreram. Maria também não ficou virgem nem antes do parto, nem durante o parto e nem depois do parto. Foi como disse Mateus:  “Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim:

Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntaremachou-se ter concebido do Espírito Santo.”  Mateus 1:18. Achou-se quer dizer “pensou que“, “deduziu”, “inventou”…

Então: “José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente” Mateus 1:19-20. A história do anjo foi acrescentada na bíblia para sustentar a ideia de que Jesus era um ser divino, mas todos os apóstolos e fatos bíblicos desmentem os dogmas sustentados pela igreja.

Jesus tinha irmãos e irmã. O que significa quando Mateus diz “antes de se ajuntarem“? Jesus não só tinha irmãos como também mantinha um relacionamento truculento, desrespeitoso, tanto com eles como também com a sua mãe. Tratava-os como seus inimigos e inimigos do seu deus e aquela frase: “Ama o seu próximo como a si mesmo” com certeza, exclui a família que, claramente não deve ser amada. 

QBVBtwvtQ3qfedEX8FyFLA_thumb_179b


E, falando ele ainda à multidão, eis que estavam fora sua mãe e seus irmãos, pretendendo falar-lhe.
E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te.
Ele, porém, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos? Mateus 12:46-48

E foram ter com ele sua mãe e seus irmãos, e não podiam aproximar-se dele, por causa da multidão.
E foi-lhe dito: Estão lá fora tua mãe e teus irmãos, que querem ver-te.
Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam. Lucas 8:19-21

Chegaram, então, seus irmãos e sua mãe; e, estando fora, mandaram-no chamar.
E a multidão estava assentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos te procuram, e estão lá fora.
E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos? Marcos 3:31-33

Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? Não estão conosco todas as suas irmãs? De onde, pois, ele obteve todas essas coisas?” Mateus 13:55-56


E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste.
Mas ele disse: Antes bem aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam. Lucas 11:27-28

O Concilio de Éfeso (431), sob o Papa São Celestino I (422-432), definiu solenemente que: “Se alguém afirmar que o Emanuel (Cristo) não é verdadeiramente Deus, e que portanto, a Santíssima Virgem não é Mãe de Deus, porque deu à luz segundo a carne ao Verbo de Deus feito carne, seja excomungado.” (Dz. 113). por: Dercio Antonio Paganini. Disponível em: <http://www.duc-in-altum.com.br/Duc%20in%20altum!5a.htm#Mariam%E3edeDeus&gt; Acesso em 04/04/2013.

O que é OBRIGATÓRIO e vem acompanhado de ameaça nunca pode ser boa coisa. A mentira torna-se uma verdade indiscutível quando a maioria é, ou analfabeta, ou analfabeta funcional. “Vale o dito: Em terra de cego, quem tem um olho é rei”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s